Brasil, dicas sobre o Rio de Janeiro

Considerando a volta da seleção Brasileira para casa, que tal conhecermos um pouco do Brasil?

Então hoje vamos conhecer a cidade maravilhosa, a antiga capital brasileira, a terra de Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Toquinho (esse é Paulista!, obrigado pela ajuda leitor, Rrsp Renato) e muitos outros.

Por onde passaram Michael Jackson, James Bond e foi também a sede das olimpíadas em 2016; a terra do futebol e do samba.

(estava precisando dizer isso para dar uma levantada na moral do Brasil após nossa eliminação na copa né?!)

E sem mais demora vamos direto para os pontos turísticos!

O que visitar?

1-    Cristo Redentor

Se você for ao Rio e não for ao Cristo é o mesmo que ir à Nova York e não ir à Estátua da Liberdade, ou à França e não visitar a Torre Eiffel:

Ele fica no Corcovado. É acessado por meio de um trem que pode levar de 30 a 40 minutos, ou por veículos autorizados. A estátua fica a uns 710 metros de altura. Este mesmo trajeto do trem foi usado para subir as peças da estátua do Cristo. E ela começou a ser construída em 1922 e foi concluída em 1931, hoje é considerada uma das 7 maravilhas do mundo moderno. O preço da visitação varia de R$ 24,50 a R$ 75,00 variando o valor da baixa para a alta temporada, com direito a redução de valor para idosos e estudantes.

Dica: Verifique se as condições do tempo estão boas para a visitação. Se você for com clima muito nublado ou chuvoso só verá os pés da estátua e o branco nublado. Mas em dias parcialmente nublado ou de sol, a vista é magnífica.

2-     Pão de Açúcar

Recebe este nome em virtude do seu formato se parecer com os pães de açúcar feitos por padeiros portugueses na época colonial. Seu bondinho foi inaugurado em 1922. E passa por vistoria diariamente, sendo um meio rápido e seguro de subir os montes.

(Não! O Mandíbula não vai pegar você, pode usar o bondinho é seguro mesmo!). Viagens de 20 em 20 minutos e valores de R$ 50,00 a R$ 75,00. É possível subir e descer do Pão de Açúcar pela trilha, sem pagar nada por isso, mas leve água no caso de se aventurar, são 400 metros de subida. É possível subir pela trilha e descer pelo bonde ou vice versa. Assim você alia trilha e tecnologia e economiza uns trocados.

3-     Pedra Bonita em São Conrado

A vista de lá é maravilhosa também! Quase 700 metros de altitude. Além disso você pode aproveitar e fazer um voo de asa delta e ter uma vista indescritível de cima do Rio de Janeiro! Eu chamo de Tour Aéreo. 😊

Recomendo voos com o NITO e o ASSAD que nos acolheram muito bem, vou deixar o link deles na descrição do vídeo para facilitar o contato. Assim você pode agendar um voo mais facilmente.

4-     – As Praias

Claro que elas não poderiam ficar de fora! A água cintilante e o clima normalmente quente e úmido são uma boa pedida. A água é fria, mas mesmo assim vale a visita pelas belezas do lugar em si. Copacabana, a mais famosa praia, especialmente pela queima de fogos na virada do ano.  tem um forte ao lado que tem um museu no qual se conta a história do Brasil desde o império até a República. A entrada custa R$ 7,00. Mas se você só estiver indo apenas pela vista do forte e por um café, recomendo esperar até as 18:00h quando fecha o museu e a entrada fica liberada. Há duas confeitarias, a Colombo, que é mais conhecida e por isso bem concorrida, mas a poucos metros à frente tem o Café 18 do Forte, que também tem uma ótima vista e é menos concorrido. Assim, Copacabana, Ipanema e Leblon são as três praias mais conhecidas do Rio, e ficam em uma faixa contínua, fácil de visitar a pé. Ah, em Copacabana e Ipanema não se esqueça de ver as esculturas na areia ao longo das praias. Seguindo a orla após o Forte você terá a pedra do Arpoador e a praia de Ipanema. Após ela será a vez do Leblon, e do outro lado dele fica a lagoa Rodrigo de Freitas.

5-     Meios de Transportes:

Uma forma de se fazer todo este trajeto praticamente de graça é usando as bicicletas que estão espalhadas em vários locais da cidade. A ciclovia é boa e se estende pelo trajeto dos principais pontos turísticos, é necessário instalar um aplicativo no celular que custa R$ 10,00 mensais. Outra forma barata, rápida e acessível é por meio do metrô. Aliás, para mim está entre os melhores do mundo. Há boa sinalização, a qual mostra a próxima parada, a que você se encontra e o sentido em que se vai além de falar em português e inglês.

6-     Bar da Laje

Mas se você quiser ir a pontos mais isolados como por exemplo o Bar da Laje (no Vidigal) há ainda serviços de Táxi ou Uber. Mas para subir o morro é possível usar as mototáxis locais que são da comunidade e conseguem se deslocar morro acima de forma mais ágil e eficiente.

7-     Museu do Amanhã.

Há exposições que mostram as principais invenções de Brasileiros em 3D desde o 14 Bis de Santos Dummont até um purificador de água a partir da umidade do ar. E muitas outras coisas!

Vale à pena a visita.

8-     Catedral Metropolitana

Tem 75 metros de altura e 160 metros de diâmetro. É feita com base num estilo arquitetônico moderno e sua estrutura e vitrais impressionam pela beleza, vale a pena conferir. Fica no Centro do Rio.

9-     Santa Marta

É o lugar onde foi gravado o Clip do Michael Jackson (they don`t care about us) que tem uma estátua dele. No local também foi gravado o filme velozes e furiosos 5. Perto dali, em Santa Tereza, fica a escadaria Selarón. Ela começou a ser decorada em 1994, por conta da copa do mundo. Hoje terminados os 215 degraus contam com azulejos vindos de diversos países. O Autor é chileno.

10-  Bar Garota de Ipanema

É onde Tom Jobim, Vinícius de Moraes e seus amigos criaram a famosa música Garota de Ipanema. A comida é boa e o ambiente é decorado com fotos destes artistas e instrumentos musicais, também vale colocar este restaurante no roteiro para um almoço ou jantar.

11- As sedes dos clubes Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco.

Falando em Futebol, se você tiver a oportunidade veja um jogo de futebol no Maracanã e sinta como é a energia vindo das arquibancadas e o motivo de sermos considerados o país do Futebol. (Tá, eu sei, hoje em dia nós não jogamos essa bola toda, porém a torcida continua com a mesma energia de nossos tempos de glória!)

12- Arcos da Lapa:

São formados por aquedutos da época imperial, mas atualmente é um lugar com diversos tipos de bares, restaurantes, músicas, para todos os gostos do samba ao Rap, e barraquinhas de comida de rua. Por sinal deliciosas.

E há muito mais coisas para se ver e fazer no Rio de Janeiro, essas são apenas nossas sugestões.

Bom, esse é o primeiro vídeo (do canal no youtube) do nosso querido Brasil, feito com carinho para desfazer essa imagem que o Rio é um lugar violento. É preciso tomar cuidado sim, mas também é possível aproveitar muitas maravilhas e se deixar viver! Se você ficou até agora, demonstre que gostou deste post, deixe o seu comentário ou aquela curtida, compartilhe e nos ajude a crescer. E seremos motivados a continuar fazendo mais posts. Até a próxima 😉

 

AFRICA ASIA EUROPE NORTHAMERICA OCEANIA SOUTHAMERICA

Deixe aqui seu comentário