Por que Praga é um dos melhores lugares para passar o Halloween? – República Tcheca

Sabemos que o dia 31 de Outubro é considerado como o Hallowen, ou, dia das bruxas, feriado que ainda não faz parte do calendário brasileiro oficialmente, mas é comemorado em várias partes do mundo. Aqui no Brasil temos o dia 02 de novembro, feriado e dia dos finados. Mas por que a República Tcheca é considerada um dos melhores lugares para se passar um Halloween? Este post é mais sobre dicas do que sobre halloween, prometo!

Dicas:

1- Primeira Dica: Visto.

Bom, primeira coisa a fazer é chegar em sua bela capital, Praga.

A boa notícia é que brasileiros não precisam de visto para visitar a República Tcheca. Esta é uma ótima oportunidade de conhecer um dos poucos países europeus que não aderiu a zona do Euro. O que nos leva para a segunda dica.

 

2- A Moeda da República Tcheca

A segunda dica é exatamente a moeda. A Coroa Tcheca é desvalorizada em relação ao Euro, e um pouco mais em conta para os brasileiros.

Você pode checar a cotação atual clicando aqui: Cotação de moedas do primeira viagem. Após clicar no link procure por CZK. (Sim, nós do blog primeira viagem temos um conversor da moeda brasileira, o Real (BRL) para quase todas as moedas do mundo! Porque somos apaixonados pelo mundo e é uma forma de facilitar a sua vida). Então veja a cotação. no momento em que escrevo este post está R$ 2,50 abaixo do valor do Euro.

3- Um local para se hospedar

Para a hospedagem é possível fazer de várias formas. Se você prezar pelo conforto e requinte eu sugiro o Hotel: Intercontinental Praga. Ele fica praticamente no centro e você terá muita coisa para conhecer nas proximidades do hotel. A pé mesmo se quiser. Vale lembrar que é um hotel 5 estrelas, então ele tem uma incrível estrutura de spa, restaurantes, bares e  vista dos quartos é de frente para o rio moldava.

Agora, se você quiser economizar na estadia e tiver um tempo a mais para locomoção a sugestão é pelo hostel plus prague. Também fica próximo ao rio moldava, mas também fica a uns 4,5 km de distância do centro da cidade. Só que na época em que fui preferi o hostel, quarto compartilhado. Ele também é um hostel bem completinho, com piscina, lavanderia, bar e restaurante. É bem confortável, apenas a vista do quarto dava para outras construções, mas custava 1/10 da diária do valor do hotel. Assim, foi possível economizar bastante nas diárias.

4- Que tal um bike tour em Praga?

Considerando que não ficamos no centro da cidade de Praga, uma boa opção é fazer um bike tour. Aliás, é um passeio que leva a metade do dia, então é bom estar cedo no local de saída para retirar a bicicleta. Vale ressaltar que é uma cidade antiga e que os ladrilhos nas ruas foram preservados. Em alguns lugares é preciso prestar bastante atenção, pois cruzam carros, trens pedestres e bicicletas. Juntamos um grupo relativamente grande de ciclistas neste dia e fizemos nossa própria sinalização para não nos perdermos de vista. Foi uma experiência muito boa. E a primeira vez que usei uma bicicleta aro 27 com ótimo amortecimento.

5- Passeio no Rio de barco

Quando falei dos lugares para ficar, mencionei o Hotel Intercontinental Praga lembram-se? Pois bem, já que não fiquei hospedado nele, nada melhor que usá-lo como ponto de referência. Em suas proximidades estão entradas para um passeio de barco no rio Moldava. É uma experiência interessante e também servem almoço ou jantar a bordo. Além de ser uma nova forma de ver a cidade.

Aqui o Halloween começa! O nome do canal em que fomos foi o Canal do Diabo.

6- O super relógio astronômico - Orloj

Neste blog nós já falamos da forma como o calendário Maia contava o tempo com exatidão. Que você pode conferir clicando aqui.

Agora, na praça central de Praga nós temos um relógio astronômico chamado Orloj. Este relógio foi feito por um mestre relojoeiro e um matemático e é fantástico! Ele marca a posição do sol, da lua, as constelações do zodíaco, O céu, a Terra e as horas. Não marca minutos e segundos, pois tudo isso foi feito a mais de 600 anos atrás. E como se não bastasse, ele tem um mecanismo que a cada hora aparece o grupo dos 12 discípulos de Jesus. O porquê disso, eu não sei, mas não duvido de terem colocado o Judas terminando com uma faca na mão simbolizando as últimas horas de Cristo antes do calvário. (Veja o vídeo abaixo)

7- Catedrais, catedrais e catedrais!

Se tem algo de especial em Praga são as suas catedrais. Uma é bem diferente da outra. E as mais antigas, barrocas e Góticas tem um detalhe em suas paredes, portões e na fachada do teto ao rodapé. Estas catedrais conseguem contar histórias da bíblia por meio das esculturas. Isso além de ser bacana demais, visa “pregar o evangelho” por imagens. A razão parece ser além de deixar as coisas mais góticas possibilitar a pregação da Bíblia para pessoas que não sabem ler, mas que já ouviram essas histórias antes. Legal né?! E isso é válido ainda hoje. Em especial para os turistas que não sabem o idioma tcheco. Ler as paredes das catedrais é algo bem divertido. E considerando que são esculturas, é a bíblia contada em 3D. Isso a uns 400 anos atrás, quem diria que estariam tão a frente do seu tempo! E você, consegue ler algumas histórias nas imagens abaixo?

8- Trazendo o Halloween para Praga - Tour fantasma

Eu disse no título que Praga era um dos melhores lugares para passar o halloween. E se você ainda não entendeu o motivo, nesta dica eu vou deixar de forma mais explícita. É possível fazer dentro da cidade um verdadeiro tour fantasma. Começa por volta das 10 horas da noite (22:00h) e você vai acompanhado de um guia fantasma que contará uma série de histórias sobre o povo nativo de Praga. Eles acreditavam em bruxas, em vampiros e em fantasmas. E os pobres alquimistas eram mortos por bruxaria. Além de toda história e lendas contadas pelo seu guia fantasmagórico, você ainda passa pelos principais cemitérios da cidade, calabouços e tumbas à meia-noite é mole?! Aliás os corpos dos considerados com poderes para voltar dos mortos tipo um zumbi, eram enterrados com uma adaga dentro da boca. Pois assim, quando voltassem a vida morreriam de novo! (Uau, que sabidos… hahaha eu imagino um loop infinito se isso fosse verdade.) Eu não sei até que ponto a lenda se separa da realidade. Como se tudo isso ainda não bastasse o fantasma ainda costuma assustar as pessoas pelo meio do caminho. O grito dos turistas foi tão grande em um dos sustos que a polícia parou a gente e começou a falar com o guia-fantasma. E nós ficamos no meio dos gritos do policial apontando uma arma, e um guia-fantasma com uma forca e uma foice na mão se explicando para o guarda! Falando em Tcheco! No fim, apesar dos sustos e das histórias todos ficaram bem e ninguém foi preso, nem baleado. (Ufa!).

9- Levando o Halloween para fora da cidade

Bom, ainda é possível visitar um local que foi: campo de concentração, cemitério dos judeus e hoje é um memorial. Ele fica a uns 50 km da capital. É chamado de Terezín. E para não contar demais sobre ele apenas coloco uma foto do mapa do local. É bem grande, é um tour de um dia.

10 - Excursão em Kutna Hora - o Ossuário de Sedlec

Se tem um lugar estranho no qual eu já me meti este lugar é Sedlec. Eu ainda não sei bem como classificar, se era um cemitério, se é uma catedral, se é uma junção destes dois ou se é uma obra de arte gótica. O fato é que ele existe e graças aos meus amigos tenho fotos para provar. Fica a uns 75 km de Praga. As ossadas que vocês verão nas fotos a seguir são de seres humanos reais. algumas datam do século XIV ou XV. Eles estimam que cerca de 40.000 corpos humanos foram usados para compor a catedral.

Toda a história começou com um mosteiro que foi mandado à palestina e ao voltar para a República Tcheca trouxe um pouco da terra do Gólgota (Lugar onde Cristo foi crucificado). E espalhou ela pelo cemitério local. Logo a história do ato do mosteiro se espalhou e muitos lordes e suas famílias queriam ser enterrados ali (sabe o fanatismo, de acreditar que o local ficou sagrado pela terra do Gólgota)… Bom, uma catedral foi então erguida ali, para os velórios. E durante a escavação para a fundação da catedral muitas ossadas foram desenterradas. E pertenciam a pessoas de classe alta, e logo a exumação de corpos se tornou um hábito. O que fazer com todos esses ossos? Simples, que tal usar como adorno da catedral!? Assim eles permanecem no local em que foram enterrados e podem descansar em paz. E para completar, fizeram em estilo Gótico para deixar as coisas mais adequadas. Vamos às fotos?

 

Bom, eu vou ficando por aqui, mas diz aí se Praga é ou não é um ótimo lugar para passar um Halloween? Como última observação para quem for visitar Kutna Hora (essa catedral de ossuário) lembrem-se de não tocar em nada. É desrespeitoso para quem cuida do lugar que se toque nos ossos dos mortos.

Gostaram das 10 dicas sobre a República Tcheca? Diz aí nos comentários. E feliz halloween.

História

Rômulo Lucena Visualizar tudo →

Compartilhar experiências de viagens, trazer um bocado de cultura e história para você poder fazer sua viagem mais tranquilo.
A gente faz a primeira viagem e você vem com a gente.

Deixe aqui seu comentário

Seguir

Olhe seu email e confirme

%d blogueiros gostam disto: