Os Maias e a previsão do fim do mundo – México

O que os Maias tem a nos ensinar sobre o fim do mundo?

Faz algum tempo atrás, em 2012 que muitas pessoas ouviram falar sobre o fim do mundo. E muito misticismo foi levantado em torno da civilização maia. Afinal, diziam os boatos que de acordo com o calendário maia o mundo iria acabar em 2012!

E quem são os Maias?

Os Maias pertencem a uma das civilizações mais avançadas de sua época. Eles foram um dos primeiros povos a entender que um regime descentralizado surtia mais efeito que um centralizado em um rei. E assim se organizavam em suas suas cidades-estados cada uma com seu governante.

Os maias eram tão avançados que:

  • Tinham sua própria escrita. Que representava completamente a língua falada.
  • Tinham seu próprio sistema numérico
  • Possuíam seus próprios calendários
  • Eram verdadeiros senhores do tempo.

Apenas dois povos no mundo criaram uma representação visual para o número zero ou “0”. Os hindus na Índia, que mais tarde foi unido ao sistema árabe (daí vem os algarismos indo-arábicos). E os Maias.

Nós estamos acostumados a usar o sistema de base 10, ou decimal. aqueles números: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0

Já os Maias usavam um sistema base 20 ou vigesimal. como o da imagem:

E qual é a graça disso?

A graça disso é que o sistema maia é mais simples de se aprender e é feito tendo a noção dos nossos dedos!

Essa ideia é tão genial porque parte da coisa mais básica que temos para contar, nossos dedos. É centrado no ser humano. Acho que este deveria ser o nosso sistema atual. Eles usavam de 1 a 5 representando os dedos de um membro do corpo. e podiam contar até 20 facilmente usando apenas pontos e retas! Além disso eles representavam o zero (que parece um desenho de pão) Então você imagina se nós conseguimos fazer o que fazemos contando de 0 a 9, imagina contando de 0 a 20. Seria o dobro da capacidade.

Aplicando isso ao calendário maia

É válido ressaltar que o calendário maia na verdade é composto de vários calendários. Imagine como engrenagens de um relógio.

1- Calendário tzolk’in (tzolkyn)

Esta seria a roda menor equivalente a 260 dias. são contados 13 dias em grupos de 20. na multiplicação 13 x 20 = 260.

Alguns dizem que este período foi feito com base na gestação das mulheres. contando-se do dia em que houve a primeira menstruação perdida até o nascimento. O que deixa este calendário Maia com cerca de 8,6 meses. Outros afirmam que 260 dias é o tempo que leva para o sol aparecer 2 vezes em um mesmo ponto fixo no céu. (Zênite) E esta seria a origem dos 260 dias.

2- Haab (o calendário anual maia)

Este seria o mais próximo do nosso calendário anual.

Com 18 meses! Mas cada mês com apenas 20 dias. Na multiplicação 18 x 20 = 360 dias. (E você aí se gabando de receber o décimo terceiro salário! Os maias recebiam 18 salários! hahaha).  E onde estão os 5 dias faltantes do ano? Estes dias no calendário Maia são chamados de Wayeb, e são os dias de passagem do ano em que eles previam ou muita sorte ou muito azar. Seriam os dias em que os portais para o outro mundo estariam abertos. Podendo as divindades circularem e abençoarem ou amaldiçoarem o mundo dos vivos.

Assim, a contagem do tempo Maia se dava com o calendário de 260 x 365 dias e as combinações que levariam cerca de 52 anos para poderem se repetir de novo. É interessante ressaltar que 52 anos era mais ou menos a expectativa de vida de um indivíduo. então o seu calendário começaria a contar a partir de sua gestação e as rodas da vida iriam até a sua morte praticamente sem se repetirem nenhuma vez. Claro, havia exceções. E graças aos anciãos de dias que superavam os 52 anos (do calendário Haab) foi necessário acrescentar mais uma roda ao calendário.

3- O Grande ciclo.

Eles não são chamados de senhores do tempo a toa. Para registrar eventos, colheitas e poder registrar a história criaram uma roda maior, a chamada Baktun (b’ak’tun) que registrava aproximadamente 400 anos (394,3 anos mais exatamente)

E o fim do mundo?

Agora que você já entendeu que os calendários maias trabalhavam como ciclos, como rodas de um relógio, chegamos ao evento marcado como “fim do mundo”. Fazendo a transcrição de todo esse tempo e ciclos para o nosso calendário gregoriano, chegamos a data de 21 de dezembro de 2012. Que nada mais é do que o alinhamento dos 3 calendários iniciando um novo ciclo de mais ou menos 400 anos. Que marca também o início de um ciclo maior de 5.125 anos.

Aí embaixo vou deixar as datas em que houve esse alinhamento entre os relógios de ciclo longo, médio e curto. Assim você já se prepara para o próximo fim do mundo (se estiver vivo até lá né?!).

Nota importante: Os Maias consideravam uma alternância de poder entre homens e mulheres que aconteciam a cada 400 anos. Tal era sua precisão em prever o tempo com base nas análises dos ciclos passados e assim previam o futuro. E no início do ciclo 13.0.0.0 ou que se encerraria no dia 21 de dezembro de 2012. Se iniciaria naturalmente uma força feminina que dominaria por 400 anos. (393,4 anos)

Agora só para te deixar com o cabelo em pé, vamos dar uma olhadinha na ascensão feminina ao poder?

1- Alemanha: Ângela Merkel (2005 até os dias atuais)

2- Argentina: Cristina Kirchner ( 2007 a 2015)

3- Brasil: Dilma Rousseff (2011 a 2016)

3- Chile: Michelle Bachelet (2006 a 2018)

4- Kosovo: Atifete Jahjaga (2011 a 2016)

5- Malawi: Joyce Banda (2012 a 2014)

E vou parar a lista por aqui, são só alguns exemplos de como no dia 21/12/2012 estas mulheres estavam no poder. O que é só o começo da ascensão feminina de acordo com o equilíbrio dos ciclos Maias.

E isso porque nem entrei no mundo dos filmes. (Capitã Marvel, Mulher Maravilha, Rey Skywalker… deixo para quem quiser se aventurar mais nestas listas).  😎

Contagem longa (fim do mundo)Data Gregoriana
0.0.0.0.011 de agosto de 3114 a.C.
1.0.0.0.013 de novembro de 2720 a.C.
2.0.0.0.016 de fevereiro de 2325 a.C.
3.0.0.0.021 de maio de 1931 a.C.
4.0.0.0.023 de agosto de 1537 a.C.
5.0.0.0.026 de novembro de 1143 a.C.
6.0.0.0.028 de fevereiro de 748 a.C.
7.0.0.0.03 de junho de 354 a.C.
8.0.0.0.05 de setembro de 41 d.C.
9.0.0.0.09 de dezembro de 435
10.0.0.0.013 de março de 830
11.0.0.0.015 de junho de 1224
12.0.0.0.018 de setembro de 1618
13.0.0.0.021 de dezembro de 2012
14.0.0.0.026 de março de 2407
15.0.0.0.028 de junho de 2801
16.0.0.0.01 de outubro de 3195
17.0.0.0.03 de janeiro de 3590
18.0.0.0.07 de abril de 3984
19.0.0.0.011 de julho de 4378
1.0.0.0.0.013 de outubro de 4772

AFRICA ASIA EUROPE NORTHAMERICA OCEANIA SOUTHAMERICA

Se você gostou compartilha aí! Ou segue a gente no botão vermelho aí do lado.

História

Rômulo Lucena Visualizar tudo →

Compartilhar experiências de viagens, trazer um bocado de cultura e história para você poder fazer sua viagem mais tranquilo.
A gente faz a primeira viagem e você vem com a gente.

Deixe aqui seu comentário

Seguir

Olhe seu email e confirme

%d blogueiros gostam disto: